A gente se fala…

8 Jun

Se parar para pensar, isto tudo é culpa minha. Mesmo dizendo que não, no fundo, eu me alegrava com a tua companhia esporádica. Em tuas curtas visitas, eu pedia para que fosse embora, desejando, no fundo, que ficasse um pouco mais. Quando triste, eu implorava para que me deixasse, te chutava para fora, mas não via a hora do nosso reencontro. Você costumava ser boa companhia, fazia lembrar que aquilo valia a pena.

Mas, assim como a situação, você mudou. Esta noite, como já fiz outras vezes, deixei você cochilar por aqui, esperando que, na madrugada, pegasse suas coisas e partisse sem despedida, sem fazer barulho. Engano meu: você resolveu ficar e, não contente, decidiu dormir de conchinha. Acordei com o coração acelerado, me sentindo sufocada: dormi mal, e a culpa é toda tua.

Não gosto do jeito que você me expõe, que testa meus limites. Sei do preço que vou pagar para realizar este sonho, mas não acho justo que você me cobre o tempo todo. Não quero intimidade, não quero entrega. Não me entenda mal, também não quero que se vá… Você sabe, muito bem, que não suporto términos e despedidas! É estranho, é triste, é dolorido. Mas ficar contigo também é. Será que conseguimos chegar ao meio termo?

Isso começa a ficar confuso para mim também: eu, você, eles. Ou seríamos nós? Porque você só aparece quando me permito gostar de alguém ou algo? Porque só vem quando estou disposta a me entregar?

Não me ligue e, por favor, não me procure amanhã. Recolhe as tuas coisas que eu quero ficar sozinha. Saudade, a gente se fala…

Anúncios

8 Respostas to “A gente se fala…”

  1. Andréia Istome 9 de Junho de 2011 às 12:04 AM #

    Nossa Cá…. me deu um aperto de ler isso…adoro a maneira que escreve, sempre desperta em mim muitos semtimentos…mesmo distante estou contigo, beijos.

    • @canaumann 9 de Junho de 2011 às 11:59 AM #

      Estamos juntas, Déia! Adoro ver você por aqui! =]

  2. Margareth 9 de Junho de 2011 às 1:05 AM #

    …saudade nao pede licença, simplesmente atropela a gente…
    …temos todos que aprender a lidar com ela. bj
    Margareth

    • @canaumann 9 de Junho de 2011 às 12:00 PM #

      É… ela vai ser minha companhia por um bom tempo.. vamos aprender juntas!

  3. Gabriel de la Rosa 9 de Junho de 2011 às 7:06 AM #

    Lembre-se que ela existe para quem sabe ter! Pessoas que não sentem sua presença são frias e impessoais! #saudadedeti

    • @canaumann 9 de Junho de 2011 às 12:01 PM #

      É por isso que disse que ela costumava ser boa companhia, pois fazia lembrar que aquilo valia a pena… Mas tem dia que ela bate forte demais.. =/

  4. Marina Ragusin 9 de Junho de 2011 às 10:19 PM #

    sou sua fã! =]

    • @canaumann 10 de Junho de 2011 às 2:00 PM #

      Te amo! =]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s