Falta de informação é o custo mais alto para o diabetes

6 Abr

O diabetes já afeta cerca de 246 milhões de pessoas em todo o mundo, e em muitos casos, já é citado como epidemia do século. A previsão é de que, até 2025, esse número chegue a 380 milhões. Como se já não bastasse, ainda estima-se que boa parte das pessoas desconhece seu próprio diagnóstico e condição – sem tratamento adequado, a diabetes pode apresentar diversas complicações. A doença representa alto custo financeiro para a sociedade e os sistemas de saúde, o que faz com que serviços públicos e privados procurem, ainda sem muito sucesso, estruturas adequadas e criativas para conseguir enfrentar o problema com eficiência. Ainda assim, o custo mais alto é o preço que pagamos pela falta de informação: diabetes mal cuidado é sinal de problemas, na certa. Vamos dividir, compartilhar e trocar experiências para que juntos possamos aprender a melhor forma de viver com e apesar do diabetes. Que as nossas histórias e experiências sirvam de exemplo, ou não, para a escolha diária do melhor tratamento!

Anúncios

2 Respostas to “Falta de informação é o custo mais alto para o diabetes”

  1. Fran 17 de Agosto de 2011 às 8:56 PM #

    Comcordo plenamentee com isso !!!

    • @canaumann 29 de Agosto de 2011 às 9:52 PM #

      Então somos 2, Fran! =]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s